Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2016

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Pesquisar

 


GüNTER GRASS - O TAMBOR DE LATA

Segunda-feira, 13.04.15
Quando Günter Grass publicou O Tambor de Lata, em 1959 foi como se a literatura alemã tivesse renascido depois de décadas de destruição linguística e moral. Nas páginas deste seu primeiro romance, Grass recriou o mundo perdido de onde brota a sua criatividade: Danzig, a sua cidade natal, conforme a recordava dos seus tempos de infância antes da catástrofe da guerra. Aqui lida com a imensa responsabilidade de rever a história contemporânea lembrando os renegados e os esquecidos: as vítimas, derrotadas e mentiras que as pessoas queriam esquecer porque nelas um dia tinham acreditado. O inesquecível Oskar Matzerath é um intelectual cuja abordagem crítica é a infantilidade, a palhaçada, o dadaísmo em acção no quotidiano da vida alemã de província justamente quando este pequeno mundo é atingido pela sensatez do grande mundo que o rodeia. Não é demasiado audacioso assumir que O Tambor de Lata será uma das obras literárias que ficarão do século XX.     



publicações dom quixote - 1ª edição setembro de 2009


Autoria e outros dados (tags, etc)